Episódio #027 – OpenBazaar

iTunes: Movimento Pró-Futuro

Muitas das tecnologias que estão surgindo prometem mudar o mundo, mas raramente isso acontece. Porém, acredito que iremos presenciar uma grande mudança ocorrer, uma mudança maior que a própria internet, com a ascensão das criptomoedas ou moedas digitais, tais como o Bitcoin. Um exemplo desta mudança é o OpenBazaar, uma plataforma livre de comércio que funciona inteiramente com Bitcoin e é gratuita, ou seja, você não paga pelo uso da plataforma.

O princípio das moedas digitais, tais como o Bitcoin, é que elas funcionam como dinheiro vivo, você pode utilizar para pagar por produtos e serviços sem se identificar e sem que haja intermediários. Todo o processo ocorre por meio de uma infraestrutura em rede chamada Blockchain que permite que as transações sejam validadas e guardadas, garantindo sua validade e segurança.

O Bitcoin é a moeda utilizada para compra e venda dentro do OpenBazaar, lá você encontrará vendedores do mundo inteiro, vendendo o que quiserem, sem restrições. Além disso, sem ter que pagar comissões pelas vendas para o site, para bandeiras de cartões de crédito ou bancos. Muitos criticam este tipo de projeto por que acaba favorecendo o comércio de produtos ilícitos, tais como drogas, armas e outros. Mas penso que se existe um mercado para estes itens, ele ocorreria independente da plataforma, portanto, a culpa não pode cair nela. Este tipo de plataforma tende a crescer conforme mais pessoas usem as moedas digitais, assim como ocorreu com a internet. É inevitável que o modelo atual de troca passará por mudanças muito grandes, forçando a sociedade inteira a repensar no funcionamento do mercado financeiro atual.

O podcast que fiz sobre o assunto aprofunda neste tema tão inovador e controverso. Penso que é fundamental para um profissional do futuro compreender este tipo de mudança na relação entre as pessoas. As compras, as formas como transacionamos “valor”, mudarão totalmente para o meio digital, isso é inevitável, e como isso ocorrerá afetará a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *