Episódio #023 – Entrevista Paco Ragageles – Campus Party Brasília

Episódio #023 - Paco Ragageles

iTunes: Movimento Pró-Futuro

A Campus Party é atualmente o maior evento mundial de inovação, ciências, games, criatividade e tecnologia. É um espaço onde se encontram pessoas de todos os tipos e interesses, mas um em comum, o fascínio pela modernidade, pelo espírito de querer fazer algo diferente. Na Campus, o pessoal chega armado de barraca e passa a semana imerso em demonstrações de produtos, palestras, hackatons, mentorias para startups, etc.

Neste podcast eu tive o prazer de entrevistar o Paco Ragageles, um dos fundadores da Campus Party, um evento que começou na Espanha e hoje já ocorre em mais de 13 países. O Paco conta como ele começou esta história, lá em 1997, nos primórdios da internet e como hoje a Campus se tornou um hub importantíssimo de difusão de novas tecnologias e modelos mentais.

http://brasil.campus-party.org/

Para mim, a parte mais importante da entrevista foi entender a visão do Paco sobre o futuro do trabalho. Tenho certeza que assim como eu, vocês também ficarão surpresos com as previsões que ele faz. Estamos entrando em uma fase da história da humanidade que promete muitas mudanças.

Seguem abaixo alguns dos principais insights do Paco ao longo da entrevista:

– Desde pequeno eu era fascinado com tecnologia e eu era visto pelos outros como um bicho maluco, estranho dos demais da época.
– Em 97 quando começamos a Campus Party na Espanha ninguém acreditava naquilo. Tudo mundo dizia que estávamos malucos com aquele projeto.
– Se tens paixão e lutas o suficiente, encontrarás as pessoas que acreditam em ti.
– Uma das missões principais da Campus Party é ser a ponta da lança para muitas inovações, tecnologias e modelos mentais.
– Estamos chegando num momento em que qualquer trabalho realizado pelo homem poderá ser realizado por uma máquina ou por um software, melhor do que um ser humano.
– O problema não é saber a percentagem de trabalho humano que será automatizada o problema é saber quando, por que 100% será automatizado.
– Na constituição brasileira existe a proteção ao direito pelo trabalho, mas quando não existirem trabalhos, do que vamos viver?
– Se não temos que estudar para aprender uma profissão, para quê ir para escola? Vamos para escola para aprender a ser feliz.
– Estamos enganados pelo nosso modelo de sociedade, onde o direito fundamental é o trabalho. Não, o direito fundamental é ser feliz.
– Suíça e Canadá estão estudando modelos de remuneração para a população só por ser cidadão do país. Este é um movimento para garantir uma renda mínima para as pessoas que estão cada vez mais sendo substituídas pela automação dos trabalhos.
– Num futuro podemos ver novos impostos taxando um “extra-lucro” advindo da automação do trabalho. Este lucro adicional será redistribuído para as pessoas que agora ficaram sem aqueles empregos.
– Nos próximos 10 anos, no mínimo 30% da população não vai ter empregos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *